Filarmônica de Itu há 10 anos.

Neste domingo, 31 às 19h, após a eleição para presidente fui conhecer o trabalho da ASSATEMEC em Itu,  no concerto da Orquestra Filarmônica Jovem e Solistas.

Sob regência de Akira Miyashiro e os solistas Adriano Bueno -trompa e Humberto Ramos Teixeira – Vibrafone que tiveram importante participação.

Celebrar a juventude, com 38 jovens músicos que se esforça para a música erudita ser uma premissa,  foi o comentário de D. Miriam, a presidente e diretora da Instituição. Apontou a seriedade e estruturação das atividades realizadas com a orquestra e escola de música.

Minha surpresa foi chegar ao Teatro Maestro Eleazar de Carvalho, (grande homenagem),  aconchegante para 250 pessoas, muito bem estruturado para o aluno se sentir na realidade do fazer musical com crescimento, sabendo que o palco deve ter a força que traz a pláteia ao convívio.

Mas, a surpresa maior, é que o Teatro foi construído com a força e planejamento da Instituição frente a colaboradores, empresas, incentivadores e, certamente, dos grandes compromissados com a elevação da Cultura de Música Erudita que vai na contramão das “coisas” que se ouve por aí, segundo, D. Miriam.

Parabéns pelo concerto e, certamente, a Filarmônica de Jundiaí irá fazer parcerias com a Filarmônica de Itu, pois, com gente forte e audaciosa é que se soma o fazer e a produção musical.

1 Comentário "Filarmônica de Itu há 10 anos."

Faça um comentário